7.7.09

sou igualzinho a você

eu não li Borges
eu não fui na flip
eu não gosto de cineastas
eu não sou junkie
eu não sou anti-acadêmico
eu não gosto de vodka
eu não gosto de ramones
eu não conheço HQ's
eu não gosto de jovem guarda
eu não gosto de kitsch
eu não louvo chico buarque

eu gosto de azeite borges
eu sei dar ollie-flip
eu amo cinema
eu até me dou bem com junkies
eu odeio normas abnt
eu gosto de pinga
eu amo clash
eu adoro chargistas
eu não gosto de jovem guarda
eu adoro vintage
eu ouço chico buarque

dizem que tô perdendo tempo na vida
mas sou igualzinho a você

22 comments:

Laura Assis said...

"eu gosto de azeite borges / eu sei dar ollie-flip"
hahaauahauahau muito bom isso!

Também não gosto de Ramones, nem de jovem guarda, nem das normas da abnt. Mas confesso que fiquei histérica quando vi o Chico. :)

=**

Andre de Freitas Sobrinho said...

cara, vc não gosta de mim... diferente da laura, e concorde de vc, eu tb não fui na flip e sei dar ollie flip, heel flip, kick flip... sou irado. mas adoro tudo que vc odeia. haha

beijocas

Luiz Fernando "Mirabel" said...

Amor e ódio em um só texto...bacana!
Indiquei seu blog na minha coluna semana retrasada...o texto já tá postado no Otário Involuntário...depois olha lá!

Grande abraço...e poxa, Ramones é legal cara!!hehehe

Luiz Fernando "Mirabel" said...
This comment has been removed by the author.
Anonymous said...

não gosta de cineastas? nem durmo hoje. foda-se.

Anonymous said...

foda-se (2)

Léo said...

Genial... provocador.

Rodrigo Jorge Almeida said...

vocês "artistas" adoram a provocação pela provocação. polêmica pura. isso é fazer arte? isso é estética?

Anonymous said...

#chupa

Amaro Baptista said...

muito manera essa! rs abraços

Lucas said...

Ratão, parabéns, bela poesia. Musical, visceral. mandou bem.

Amanda Messias said...

Poxa... Borges é fantástico rapaz!!!
Assim como seu poema/protesto/piada.

Malavoglia said...

e ainda você me ama apesar disso tudo?

Kureb said...

Gostei. Em alguns momentos, me parecia antagônico, mas bastou ler de novo para ter uma visão mais "clara" do todo.

Abração!

Laura Assis said...

"vocês 'artistas' adoram a provocação pela provocação. polêmica pura. isso é fazer arte? isso é estética?", disse o Rodrigo Jorge.

Pra causar polêmica com poesia a essa altura do campeonato, só mesmo Tiago Rattes e o Joca Terron. Sou a favor de todo mundo levantar e aplaudir de pé. \o/

Tiago Rattes de Andrade said...

Ei, moçada! algumas coisas:
1. obrigado pelo carinho
2. obrigado pelas pedradas
3. capilé, não ouse dizer que eu não te amo.

Carol said...

Caro amigo, adorei! E sim, acho que isso é arte. E das boas.

anderson pires da silva said...

é tiago, poema muito bacana mesmo. se fosse uma música dos ramones, o título seria "i don't wanna read this book".

Babá Santiago said...

não faço idéia do que ollie-flip possa ser
(clash?)não sei ligar o nome à pessoa
eu odeio normas abnt
não vivo sem elas

dizem que perco tempo dormindo
e sou igualzinha aos outros que não hesitaram em comentar

;]

Farley Rocha said...

É isso: no fundo, somos feitos de luz e de apagão, de amor e de ódio, de ironia e seriedade. Mas no fundo somos todos poesia, mesmo que sejamos tudo ao contrário do que imaginamos. Apenas somos.
Belo texto, cara.
Abraço.

anel said...

Nessa tamo junto, chapa!

Cy: said...

Para não ser a única vã mortal que não comentou esse poema.
Detesto abnt,
e amo pinga. amo mesmo!e é uma blasfêmia equiparar a deliciosa pinga com a amargurante vodka.